• Fernanda A Bechtold

Torrontés: nova uva, novo vinho


Foi a bordo do carro Fiat 600, de 1973, em Mendoza na Argentina, que o atual enólgo da Don Guerino, Bruno Motter, se encantou pelo mundo do vinho. E foi por lá também que reconheceu uma casta um tanto quanto exótica ao paladar brazuca: a espanhola Torrontés, que tem sua expressão mais reconhecida no exterior em Salta, no norte argentino. Foi esta a inspiração para a linha desta garrafa: a linha Vintage, traduzida no rótulo do produto.


No Brasil, a Vinícola Don Guerino, parceira da Da Vinícola, é a única produtora de vinhos torrontés no país, que está em sua 5ª edição, a 2021, sendo lançado oficialmente em 2017.


O QUE ESPERAR DO VINHO TORRENTÉS DON GUERINO


Um vinho branco gaúcho, fresco e frutado, perfeito para a ocasião e com ótimo custo-benefício. Jovem e aromático, é ideal


para receitas que contenham sabores frescos e cítricos. Também acompanha pratos leves, como peixe com ervas ao vapor. Sushis também são uma boa harmonização com o Torrontés, UM BOM SUBSTITUTO AO SAUVIGNON BLANC.


NOTAS DA DEGUSTAÇÃO


Amarelo palha com toques esverdiados. Alta intensidade aromática, com flores brancas em destaque, assim como papaia e frutas tropicais. Em suma, um vinho equilibrado, refrescante e persistente. Perído de guarda sugerido: até 3 anos.


SOBRE A UVA TORRONTÉS: FLORAL, FRESCO, INTRIGANTE


De corpo e acidez medianos. Uva aromática que ganhou fama internacional através dos vinhos argentinos. Se você gosta de vinhos cítricos e florais, este vinho pode ser para você. A casta, de origem espanhola, é uma mistura de Muscat da Alexandria e da Criolla espanhola. É para serr bebido jovem, então quanto mais recente a safra, melhor. A Da Vinícola te oferece a safra mais atual, a 2021, aqui.



11 visualizações0 comentário