sm banner.png
logos vinhos santa catarina em cinza (5)

Os vinhos San Michele contam histórias, e elas começaram há mais de 25 anos, na cidade de Rodeio, SC, quando a paixão pelo vinho levou dois amigos à Itália, numa aventura que culminaria na abertura de uma das vinícolas mais premiada do Brasil e na vinda das primeiras mudas italianas de vinhos finos. 

MARCELO LUIZ SALDAGNA E SILNEI ALBERTO FURLANI: AMIZADE DE RAIZ ITALIANA

sm_produtores_edited.jpg
onav.png
medalhas_gran_ouro_1.png

CONCURSO MUNDIAL DE BRUXELAS

Brasil | 2018

medalhas_gran_ouro_1.png

CONCURSO MUNDIAL DE BRUXELAS

Brasil | 2017

Vinícola San Michele - vinhos que contam histórias

A história desta vinícola começou há 25 anos atrás, quando os catarinenses e descendentes de imigrantes italianos do Trento, Marcelo Luiz Sardagna e Silnei Alberto Furlani, partiram para uma temporada na Itália a fim de estudar os métodos tradicionais de vinicultura do Velho Mundo para poder implementar este conhecimento em terras catarinenses. 

Estudaram e se especializaram no renomado Instituto San Michele all'Adige, na Itália durante alguns anos, antes de retornarem ao Brasil para realizar o sonho de engarrafar suas própria produção. Os enólogos são também pioneiros no cultivo de diversas mudas italianas no Brasil, como a rainha das uvas, Nebbiolo, plantada na Serra Catarinense e vinificada na cidade de Rodeio, sede da Vinícola San Michele. 

A San Michele é uma das vinícolas mais premiadas do Brasil.

Barone é o primeiro vinho catarinense 100% Nebbiolo.

Com uma produção limitada de 2.000 garrafas por safra, o vinho Barone da vinícola San Michele estagia adurante 8 meses em barricas de carvalho francês e mais alguns meses em garrafa. Seu aroma lembra os vinhos fortes do Piemonte, na Itália e são facilmente confundidos com as joias italianas como Barbaresco e Barolo. De coloração brilhante e límpida, este vinho apresenta anda aromas sedutores de frutas negras, especiariasa, com notas florais e um leve madeira. 

Recentemente avaliado pela ONAV - Organizzazione Nazionale Assaggiatori di Vino da Itália, o vinho Barone obteve nota 87/100, a maior nota de um vinho de uva Nebbiolo fora da Itália.

medalhas_gran_ouro_1.png

CONCURSO MUNDIAL DE BRUXELAS

Brasil | 2015

medalhas_prata.png

CONCURSO MUNDIAL DE BRUXELAS

Brasil | 2016